Search

Crítica – Vida

Vale começar esse texto falando que minhas expectativas para o longa chegavam até a ser negativas, tudo bem que um filme com Jake Gyllenhaal e Ryan Reynolds no elenco deve ser no mínimo animador, mas a história e o trailer do longa não me convenceram. A vantagem da baixa expectativa é que o que vir é lucro, então ‘Vida’ até que me surpreendeu de uma certa forma.

Se você é fã de grandes enredos esse não é seu filme, a história é fraca (exatamente como eu esperava), os personagens não são desenvolvidos da melhor forma, e os efeitos são escassos, mas apesar de todos esses pontos que realmente precisavam ser trabalhados com mais cuidado, o longa tem algumas cenas de suspense bem bacanas.

Não, não são nada inovadoras, mas sim aquele velho feijão com arroz que funciona, do tipo você acha que o monstrengo marciano vai estar em um lugar e ele não está, em outro momento ele aparece em um canto, do nada. Resumindo, o filme não fica monótono nos primeiros 20 minutos porque ele segue te dando sustos, e é apenas com isso que ele se mantem.

Como eu disse anteriormente Jake Gyllenhaal (David Jordan) e Ryan Reynolds (Rory Adams) juntos no elenco de um filme é no mínimo animador, mas nada surpreendente foi apresentado nessa junção, claro que não foi o pior trabalho de ambos os atores no cinema, mas nada comparado a atuações anteriores, então não se anime muito. O restante do elenco como Hiroyuki Sanada (Sho Murakami) e Rebecca Ferguson (Miranda North) apenas cumprem o esperado, assim o filme segue sem grandes atuações.

Apesar das diversas críticas negativas nos parágrafos anteriores, esse não é um filme para ser descartado, apesar de nada inovador ou surpreendente, o suspense no espaço envolvendo o desconhecido me deixou tensa em diversos momentos, e foi por vezes até chocante por isso acho que o longa merece ser visto, principalmente para os fã de sustos, pois pra mim foi um prato cheio.

loading...


Cinéfila com fobia a filme de terror. Teve como primeiro amor Harry Potter, mas hoje o seu futuro marido é ninguém menos que Tony Stark. Adora rever filmes, prefere super produções e ainda não assistiu O Poderoso Chefão!