Search

Os maiores psicopatas e sociopatas do cinema

Durante toda a história do cinema, principalmente nos filmes de suspense e terror é normal encontrar personagens que sofrem desses 2 transtornos, aterrorizando a vida de pessoas inocente. Na lista de hoje a equipe do Cinema a Dois separou 5 personagens psicopatas e sociopatas que nos dão calafrios. Confira abaixo nossos escolhidos.

 

Norman Bates

Norman Bates é personagem protagonista do romance ‘Psicose‘, criado por Robert Bloch. No cinema, algumas versões do personagem já foram parar em série de Tv e filmes, mas o mais marcante foi o longa homônimo de 1960 dirigido por Alfred Hitchcock. Norman teve uma infância difícil por conta da autoridade da mãe, durante a vida eles criam uma relação doentia que acaba com ele fazendo sua primeira vítima, a própria mãe.

 

Anton Chigurh

Anton Chigurh (Javier Bardem) é o vilão do aclamado longa ‘Onde os Fracos Não Têm Vez‘, um homem que sempre usa roupas escuras, tem um corte de cabelo diferenciado, e é um exímio atirador. Chigurh é um assassino compulsivo que mata instintivamente sem nenhum motivo aparente.

 

Hannibal Lecter

Com uma interpretação memorável no filme ‘O Silêncio do Inocentes‘, Anthony Hopkins deu vida a um dos psicopata mais marcantes do cinema, Hannibal Lecter. Originalmente o personagem foi criado pelo escritor Thomas Harris para uma série de livros, no filme, ele é um assassino a sangre frio que por conta de acontecimentos traumáticos na sua infância, tem o habito de comer a carne de suas vítimas.

 

Coringa

O Coringa em ‘Batman: O Cavaleiro das Trevas‘ foi o último papel de Heath Ledger no cinema, antes de sua morte, e a interpretação foi tão incrível que lhe rendeu um Oscar póstumo. O personagem que já foi retratado nos cinemas por outros atores, é um vilão da DC Comics considerado um psicopata com um humor sádico e doentio, que está em constante busca pelo caos e a destruição.

 

Alex

Interpretado por Malcolm McDowell, Alex é o protagonista do longa ‘Laranja Mecânica‘, dirigido por Stanley Kubrick. Durante o longa ele escolhe pessoas aleatória para roubar, estuprar e espanca apenas para sua diversão, em determinado momento, o próprio personagem explica que ele simplesmente tem prazer em ser mau como as pessoas que são boas.



Cinéfila com fobia a filme de terror. Teve como primeiro amor Harry Potter, mas hoje o seu futuro marido é ninguém menos que Tony Stark. Adora rever filmes, prefere super produções e ainda não assistiu O Poderoso Chefão!